Visão Ágil – Revista Brasileira Sobre Processos Ágeis

24 07 2007

Visão Ágil é primeira revista brasileira dedicada a processos ágeis, seu principal objetivo, é fornecer um canal único e dinâmico para reunir todas das vertentes ativas no cenário nacional.Este espaço, é aberto a todas as tribos como: Extreme Programming, FDD, Scrum e outras técnicas ágeis correlacionadas.

Portanto, acesse a primeira edição desse projeto ousado e feito com muito carinho para todos os agilistas do Brasil.

Conteúdo muito interessante.
Para quem não segue nenhum processo de desenvolvimento de software ou segue algum dito “burocrático”, e tem vontade de conhecer algum processo “ágil”, vale uma lida.

Entre os artigos, podemos ler sobre XP, SCRUM, um artigo falando sobre “As Cinco Doenças do Gerenciamento de Projetos” e um sobre “Contrato de Escopo Negociável”.

Apesar de não se aprofundar muito nos assuntos, todos os artigos tem um conteúdo muito bom.

Veja mais em visaoagil.com





espeak-php: v0.1 alpha

13 03 2007

Criei o projeto no sourceforge e enviei algumas informações para lá.

O “site” do projeto pode ser visto aqui. O site, por algum motivo obscuro, não está funcionando corretamente (as vezes funciona, as vezes não), mas já da pra ver como instalar e alguns exemplos de uso. Nos próximos dias escrevo uma documentação decente…

Para interessados, o repositório subversion do projeto esta em https://espeak-php.svn.sourceforge.net/svnroot/espeak-php/trunk e há um pacote disponível aqui





php + text to speech

12 03 2007

Estava lendo RSS hoje e por acaso vi este post, onde o autor escreveu um pequeno programa em C# para ler RSSs. Achei interessante, afinal, acompanho diversos sites e blogs via rss.

A aplicacação que ele fez funciona somente em windows, visto que faz uso da “Microsoft Speech API”.

Anteriormente havia criado um script bem simples, que utilizava o festival para sintetização de voz, utilizando system(). Funcionava sem muitos problemas…

Ai pensei hoje em fazer um leitor de RSS no mesmo molde do citado acima, mas utilizando um outro sintetizador de voz, o espeak. A resultado final que se ouve é comparável ao do festival, e é relativamente mais simples instalar o espeak. E além disso, ele possui uma biblioteca compartilhada de uso bastante simples (não sei se a do festival é simples também), o que facilita o desenvolvimento de aplicações em C.

A idéia era criar uma extensão para o PHP que fizesse uso dessa biblioteca, para utilizar as funções nativamente em um script, e não usando system().

Depois de algumas horas escrevendo código, eis que tenho uma versão alpha e funcional (e com bugs, claro) da extensão. Ficou bem mais interessante utilizar tts agora. E o leitor de rss ficou bem simples, é basicamente isso:


<?php
dl
(‘espeak.so’);
$feeds simplexml_load_file (http://rss.terra.com.br/0,,EI4795,00.xml’)->channel->item;
espeak_initialize(ESPEAK_AUDIO_OUTPUT_PLAYBACK0);
espeak_setVoiceByName(“pt”);
espeak_setParameter(ESPEAK_VOLUME900);
foreach ( 
$feeds as $f ) {
    
espeak_synth($f->titlestrlen($f->title), 0ESPEAK_POS_CHARACTER000);
    
espeak_synchronize();
    
sleep(1);
}
espeak_terminate();
?>

Bem simples, assim como mostrado em um outro post, não é necessário muito código para obter uma lista de notícias de um feed.

Não é a primeira extensão que escrevo, mas é a primeira que estarei publicando… Enviei hoje a requisição de aprovação no sourceforge e acredito que até terça-feira já posso estar enviando o primeiro commit no repositório.

Pensei em enviar para o PECL, mas devido ao fato de o espeak utilizar licença GPL, o projeto não poderia ser enviado para lá, “incompatibilidade” de licenças…

Breve envio mais informações sobre o projeto.





Delphi for PHP: Vídeo e Screenshots

21 02 2007

Como anunciado anteriormente, foi lançado recentemente um novo RAD para PHP. Veja um passo a passo para a instalação . Um vídeo demonstrando como criar uma aplicação também foi disponibilizado.

À primeira vista, o código gerado não é de qualidade tão ruim e parece ser bastante simples criar uma aplicação de pequeno porte.

Quem sabe com isso não consiga idéias para um RAD que tenho em desenvolvimento há muito tempo.

Athena

Ficaria faltando apenas tempo para desenvolver…





PHP for z/OS

9 02 2007

Recentemente a IBM anunciou que foi portada a versão 5.1.2 do PHP para o z/OS, o sistema operacional que é executado em seus ambientes mainframe.

Com essa migração agora é possível utilizar PHP tanto em linha de comando quanto cgi. Aparentemente os fontes não serão disponibilizados.

Se você ainda não possuia um mainframe por não querer ficar restrito a COBOL
ou JAVA, esse já não é mais o motivo para não adquirir um. Corra logo comprar o seu!





PHP 5.2.1 lançado!

9 02 2007

E mais uma versão do PHP está sendo lançada.

Essa versão, lançada ontem, 8 de fevereiro, visa ser um lançamento com objetivo maior de correção de bugs e maior estabilidade. Abaixo, uma tradução do anuncio do site oficial do php (http://www.php.net)

O time de desenvolvimento do PHP gostaria de anunciar o lançamento imediato do PHP 5.2.1. Este lançamento é em maior parte um melhoramento da estabilidade e segurança da família 5.x e todos os usúarios são encorajados a atualizar para essa nova versão o mais rápido possível. Maiors detalhes sobre este lançamento podem ser encontrados na pagina do anuncio do lançamento 5.2.1, e a lista completa de mudanças está disponível no ChangeLog PHP 5.

Melhorias de segurança e correções no PHP 5.2.1

  • Corrigido possível ‘safe_mode’ & ‘open_basedir’ bypasses dentro da extensão de sessão.
  • Previne que sistemas de busca indexem páginas de phpinfo( ).
  • Corrigidos um determinado número de bugs na extensão de filtro relacionados a processamento de entrada
  • Corrigido um abuso com certos tipos de entradas no unserialize() em sistemas de 64 bits
  • Corrigido possíveis overflows e problemas com a stack na extensão de sessões.
  • Corrigido um underflow dentro da função internal sapi_header_op().
  • Corrigido bugs de alocação, causados por tentaivas de alocar valores negativos em alguns paths de código.
  • Corrigido possível stack overflow dentro das extensões zip, imap & sqlite.
  • Corrigido possíves buffer overflows dentro dos filtros de stream.
  • Corrigido bug de destruição de resource não validado dentro da extensão shmop.
  • Corrigido possível overflow na função str_replace().
  • Fixed possible clobbering of super-globals in several code paths. (*)
  • Corrigido possível divulgação de informações dentro da extensão wddx.
  • Corrigida uma possível vulnerabilidade de format string nas funções *print() em sistemas de 64bits.
  • Corrigido um possível buffer overflow dentro das funções mail() e ibase_{delete,add,modify}_user().
  • Corrigida uma vulnerabilidade de format string dentro da função odbc_result_all().
  • Limite de memória agora está ativado por padrão.
  • Adicionada proteção interna para heap.
  • Suporte para extensão de filtro extendido para $_SERVER em CGI e apache2 SAPIs.

A maioria das vulnerabilidades de segurança descobertas e resolvidas, podem na maioria dos casos apenas serem exploradas por usuários locais e não podem ser ativadas remotamente. No entanto, alguns desses problemas podem ser explorados remotamente em algumas situações, ou ser exploradas por usuários locais mal intencionados em ambientes utilizando shared hosting com o PHP instalado como um módulo do Apache. Portanto, nós recomendamos a todos os usuários do PHP, independente da versão que utilizam, para que atualizem para a versão 5.2.1 o mais rapido possível. PHP 4.4.5 com as correções equivalentes será disponibilizado em breve.
Para usuários que estejam atualizando do PHP 5.0 e do PHP 5.1, um guia de atualização está disponível aqui, mostrando detalhes de todas as mudanças entre essas versões e o PHP 5.2.1

As palavras que foram mantidas em inglês, ficaram assim, pois não fazia sentido traduzi-las.

(*) Eu não sei o que significa clobbering, então não consegui traduzir esse item aí. Se alguém souber e quiser fazer esse favor de traduzir pra gente, é bastante apreciado : )

Então é isso pessoal. Sejamos conscientes e vamos atualizar o PHP. O time agradece

[]s